Novidade

Este blogue mudou-se. Está agora no facebook. Um dia voltará a viver no blogger, numa casa nova e moderna. Até lá, boas novelas!
Para TODOS os fãs de telenovelas Brasileiras e Portuguesas espalhados pelo mundo.
Portuguese blog about Brasilian/Portuguese tv soaps for fans all over the world.

email desactivado por google devido a spam
alternativa: novelas para recordar npr arroba gmail.com

domingo, 24 de maio de 2009

Observações com Humor

Cada vez que vejo certos núcleos nas novelas, fico com a mesma sensação. Podem passar-se meses e achar que já não vou achar o mesmo mas... pimba! Lá está tudo novamente. Por exemplo: em "Caminho das Índias", acho uma palhaçada tantos pinotes indianos. Na novela, os indianos só sabem andar aos pulos com cara de parvos. Ora festejam isto, ou aquilo... tenho a sensação que se um dia for à Índia e não os encontrar envoltos em tecidos de muitas cores, a ameaçar morrer no Ganges e de braços no ar aos pulinhos, não é a Índia... estão sempre a dançar aquela música que parece dizer com pronúncia inglesa: "nagina, nagina, nagina, vagi...".
Em "O Cravo e a Rosa" a expressão parva de "Bianca" continua a atingir aquele nervo. Acho a personagem idiota. No início irritava-me estar sempre a ouvir a sua respiração a cada palavra que dizia. Agora os suspiros não são mais ruídosos (como um ronco) mas aquela boca aberta enquanto a personagem pensa... é demais! Não gosto!
.
Mas como é tudo humor, vamos lá dançar:
"Na gina, Na gina, Na gina, vagi..."

4 FEED-BACK -DEIXE OPINIÃO:

Laura Caçoeiro 28 de maio de 2009 às 18:43  

Por acaso tenho seguido esta novela e até estou a gostar, concordo contigo que exageram um grande bocado mas no geral até se vê bem. Dispensava era alguns actores e muitas das personagens.

O Mário Garcia, a meu ver não está bem no papel. Deveriam ter posto o Selton Mello a fazer de Bahuan. E o Mário fazia de irmão de Raj.
Tanto talento numa personagem que mal aparece é um desperdício.

novelista 30 de maio de 2009 às 09:37  

Que actores e personagens dispensava?

O Dalton é talentoso. Espero ainda para ver o que a sua personagem vai fazer quando a verdade vier à superfície.

Não gosto de ver o Márcio no papel. Mas, se calhar, o problema não é só dele, é também da personagem.

Eu dispensava o Lima Duarte. A sua personagem da forma como aparece e com os diálogos que tem é de momento dispensável na trama.

Para a frente, quando as verdades vierem ao de cima, pode ser que tenha importância. Afinal, ele pode ser o pai de Apach (Tony Ramos). Ou ás tantas, o Dalit não é dalit...

E quanto a quem deve ficar com Raj? O que você acha?

Laura Caçoeiro 30 de maio de 2009 às 13:30  

Não sei bem os nomes dos actores nem das personagens, comecei a seguir a novela, não faz muito tempo. O núcleo em que entra o polícia, as amigas que moram no apartamento (professora, massagista) a irmã da Camila e a Vera Fischer. Acho que se podiam concentrar mais nos indianos.

Pela cena que deu ontem, tudo leva a crer, que é o pai de Apach. A Laura Cardoso, diz logo a seguir que se deve seguir a tradição a todo o custo, depois de sabermos o que ela já tinha feito por amor. Lembra-te que em novelas não há coincidências.

O Lima Duarte é daqueles papéis que neste momento é mais para enfeitar a novela do que outra coisa, mas depois de ontem acredito que irá ganhar mais importância na trama.

Talvez seja o próprio actor que não se sinta bem na personagem, também acho que sendo ele um dos principais deveria aparecer mais vezes. Assim podia ser que o actor conseguisse fazer a personagem crescer dentro dele.

Gostava que Raj e Maya ficassem juntos no final. Os actores combinam e o amor deles parece que pode a vir ser muito forte.

Nesta semana gostei de ver as duas cunhadas, a fazerem uma "luta" de dança. As actrizes estiveram muito bem. O Raj a dançar é que é um bocado esquisito principalmente a cara que o actor faz!

P.S: O Raj é um grande fã dos Gatos Fedorentos!

novelista 30 de maio de 2009 às 15:32  

Estás em vantagem, porque ontem não vi o episódio!

Também gostei da cena das cunhadas na "luta" de dança. Eles não têm a fluidez de movimentos que deviam ter, mas elas estiveram bem. Li algures que a Cléo Pires andou a tratar-se porque lhe faltava "energia". Neste papel até gosto de a ver, mas em todos os outros achei isso mesmo: era muito lenta e até a fala era imperceptível.

Eu voto na união de Raj com a estrangeira. Simplesmente pq ela nunca lhe mentiu ou mostra ser interesseira. Já Maya...

E o que Caio Blat (irmão de Raj)faz com o seu amor estrangeiro? É melhor acabar com a proibição e cada um fica com quem quer. Já imagino isso acontecer e Raj a ficar com inveja do irmão, por ter feito o que ele não teve coragem...

face

    © Blogger template by Emporium Digital 2008

Back to TOP