Novidade

Este blogue mudou-se. Está agora no facebook. Um dia voltará a viver no blogger, numa casa nova e moderna. Até lá, boas novelas!
Para TODOS os fãs de telenovelas Brasileiras e Portuguesas espalhados pelo mundo.
Portuguese blog about Brasilian/Portuguese tv soaps for fans all over the world.

email desactivado por google devido a spam
alternativa: novelas para recordar npr arroba gmail.com

domingo, 30 de agosto de 2009

CI: Separar ficção da realidade

Uma coisa que já esperava que acontecesse menos no Brasil hoje em dia, é a separação da FICÇÃO das novelas da REALIDADE. Afinal, as telenovelas perderam a força e importância que tinham na sociedade. Não produzem mais o mesmo impacto no seu poder de mover as massas. Existem outras distracções: a internet, a playstation, os telemóveis XPTO...
.
Mas ainda acontece. Esta mistura de personagem com actor, que leva à agressão física e aos insultos verbais, ou a coincidência de assaltar um artista, reconhecê-lo e deixá-lo ir por gostar da personagem, entre outras histórias curiosas que aconteceram ao longo do fenómeno TELENOVELA.
.

Tudo tem os dois lados da moeda e desta feita, a última notícia insólita sobre o assunto diz respeito a duas personagens da trama "Caminho das Índias": Abel e Norminha.

Num país GIGANTE como o Brasil, não é de estranhar que, por coincidência, exista um guarda de trânsito com o nome Abel. Se calhar até existe mais que um mas, foi um, de Goiás, que decidiu ir para tribunal exigir que as personagens sejam eliminadas da trama e pedir uma indemenização por danos morais e materiais.
.
.

Saber levar uma brincadeira...

.

.Há pessoas que não sabem levar uma coincidência como brincadeira ou achar graça às coincidências... tanto pode ser o caso de uma multidão, de uma povoação, ou apenas de um indivíduo. Neste caso, parece que o guarda é alvo de muitos comentários jucosos, que mexem com a sua sensação de masculinidade e segurança. Diz uma notícia, que este foi alvo de humilhação entre amigos, colegas de trabalho e até automobilistas que multou. A sua esposa, que não se chama Norminha, precisou fazer tratamento neurológico, pois não conseguia dormir e sofre com constantes dores de cabeça.
.
Das duas... as duas ou uma. Ou a zona onde este Abel trabalha é povoada de pessoas com uma inclinação infeliz para não entender quando uma brincadeira deixa de ter piada para ser uma forma de descarregar em terceiros frustrações pessoais, ou este guarda de trânsito da vida real não sabe lidar com situações inesperadas da melhor maneira. Nem a sua "autoridade" e necessária seriedade no desempenho da função impede a galhofa? Diz a notícia que, quando pessoas desconhecidas identificam o nome no crachá do uniforme, caem na risada. Humm... será que passam dos limites, ou a incapacidade do homem e sua esposa em separar a FICÇÃO da REALIDADE os está a baralhar os neurónios?
.
Vai lá saber. Estas novelas!... :)

1 FEED-BACK -DEIXE OPINIÃO:

Laura Caçoeiro 31 de agosto de 2009 às 09:53  

Em qualquer país as pessoas ainda têm dificuldades em separar realidade e ficção. E´irá haver sempre aquelas pessoas parvas que não sabem brincar com os outros e começam logo a abusar.

face

    © Blogger template by Emporium Digital 2008

Back to TOP