Novidade

Este blogue mudou-se. Está agora no facebook. Um dia voltará a viver no blogger, numa casa nova e moderna. Até lá, boas novelas!
Para TODOS os fãs de telenovelas Brasileiras e Portuguesas espalhados pelo mundo.
Portuguese blog about Brasilian/Portuguese tv soaps for fans all over the world.

email desactivado por google devido a spam
alternativa: novelas para recordar npr arroba gmail.com

quinta-feira, 17 de janeiro de 2008

Se7e Pecados

Definitivamente, acho que não me vai agradar acompanhar Sete Pecados. O episódio de hoje foi mais extenso e não vi a altura de terminar logo. Bocejei umas cinco vezes e quando terminou soltei uma “aleluia” interna. Entretanto mais alguém conhecido também tinha deixado de a ver e foi fazer outra coisa.

A novela é uma reciclagem de histórias que já estamos cansados de ver. Até dá para adivinhar o que vai acontecer na cena seguinte. É previsível, porque já se viu tantas vezes aquelas mesmas cenas, gravadas da mesma maneira e interpretadas da mesma forma, por vezes pelo mesmo actor. O Director é o mesmo, determinados elementos do elenco são habituais nas novelas desse director, enfim. Não é só a abertura que foi "reciclada" do anúncio do IKEA, são as histórias também.

No episódio de hoje uma cena me fez lembrar por demasiado “Deus nos Acuda” (também ela realizada por Jorge Fernando e com a mãe deste também no elenco). A cena dos dois anjos na Internet celestial. Bem podia estar a olhar para Claúdio Correa e Castro e Dercy Gonçalves, cujo nome de anjo em Deus nos Acuda também era Celestina.

Por esta e outras razões é que esta novela não me desperta interesse. É um deja-vú pouco oxigenado. Talvez de vez em quando, talvez se não tiver capítulos longos e chatos como o de hoje (foi muito chato, cheio de cenas supérfluas, overacting e excesso de falas para a personagem de Elizabeth Savalla), talvez procure a ver.

Neste blogue perguntei a opinião de quem já acompanha esta novela se valia a pena ver. As respostas ficaram “em cima do muro”, deixando ao meu critério. Pois a avaliação está feita. Depois de emitir as primeiras impressões, um comentário que recebi mostrou surpresa pelo favoritismo a Desejo Proibido e até achou piada ás diferenças de gosto entre os continentes. Pois é isso que é interessante. Ver como são os gostos de região para região, de faixa etária para faixa etária. Se calhar quem mais gosta desta novela ainda não foi submetido massivamente a este tipo de repetição história em quantidade suficiente. Se calhar nunca chegou a ver Deus nos Acuda, ou era muito novo ainda. É este o interesse extra das novelas: permitir a troca de impressões!

Também não gosto de ver a protagonista Priscila Fantin. Nada contra a moça que deve ter os seus méritos, mas não me convence no papel de milionária acostumada a luxo. Também não me parece sedutora o suficiente para as exigências de papel. E depois, espero não estar a ganhar um “ódio” de estimação mas perdoem-me por me repetir ao dizer que Elizabeth Savalla não sabe representar. Faz sempre o mesmo papel. O que varia é o nome da personagem. De resto, até seria interessante alguém se dar ao trabalho de montar cenas de diferentes novelas para mostrar como é sempre tudo igual: os mesmos gestos, como a abertura exagerada dos braços que até parece que vai levantar voo e o mesmo abanar de pescoço quase silábico que mais parece um daqueles bonequinhos de tablier de automóvel.

Personagem favorita e actor predilecto também já tenho: Odilon Wagner, que assim que aparece a ajeitar a peruca, fá-lo de tal modo que é delicioso de ver. De resto critico a linguagem em over acting de praticamente todo o elenco do núcleo rico.

Perdoem-me os fãs desta novela em particular, mas opinião é opinião e este é que é o aspecto interessante das novelas. Partilhar impressões. Abraços!

2 FEED-BACK -DEIXE OPINIÃO:

soriedem 27 de janeiro de 2008 às 15:14  

acho completamente o contrario de tudo o que disse.
o ingrediente principal da novela é o humor e isso tem que chegue. é disso que as pessoas gostam e isso tem! a única coisa que acho um pouco "fora" é os anjos, esse tipo de coisas (anjos, espíritos...) walcyr carrasco já nos habituou a ver, tanto que no Brasil, a anja Custódia é uma das personagens que mais sucesso faz e que é mais elogiada pela seu trabalho como uma "anja" atrapalhada.
quanto a elizabeth savalla, está muito bem, a personagem é divertidíssima, e é disso que as pessoas gostam, de novelas divertidas, de chatas já bem basta a vida que algumas pessoas levam, chegam a casa querem é ver uma coisa que lhes dê em rir e que seja agradável de ver.
quanto aos intervalos, esses já existem, já são dois, assim está melhor, agora so falta por a novela de vez das 19 às 20, para continuar a afundar os Morangos como já está a fazer, porque estes já se encontram no final do top 10, o preço certo, esse é mais dificl de abalar.

novelista 28 de janeiro de 2008 às 19:05  

Antes de mais, obrigada pela participação e opinião!

Notei que a Sic começou a introduzir intervalos durante a novela, e ainda bem. Também Desejo Proibido começou a ter intervalos. Mas decidi não abrir uma nova mensagem a dar conta da situação, porque senão estaria sempre a fazer o mesmo. Quando escrevi do horário e especulei sobre intervalos, não deu intervalos. Quando falei do episódio de DP repetido, no dia seguinte não deram mais. Tem sido assim de modo que não relatei mais esta alteração. Obrigada e já agora leia o post que vou colocar hoje. Obrigada pela visita!

face

    © Blogger template by Emporium Digital 2008

Back to TOP